Como anda sua relação com o espelho?

Muitas mulheres vêm uma imagem distorcida quando se olham no espelho ou até mesmo tentam evitar se olhar por não se gostarem. Isso acaba influenciando diretamente em sua vida pessoal e social. Acabam se esquivando de ir a lugares populosos, podem se tornar mais introspectivas e chegar até o isolamento social. Claro, que são vários os fatores, desde a falta de tempo no dia a dia, autoestima e até casos como depressão ou transtorno Dismórfico Corporal(caracterizada pela preocupação exagerada com a aparência ou defeitos pequenos, muitas vezes imperceptíveis, mas que assumem dimensões muito grandes para a pessoa). Que deverão ser tratados com Psicoterapia para um melhor resultado.

            Porém, acredito que todos nós temos dias que não nos sentimos a “mulher mais linda desse mundo”, isso faz parte, porque tem dia na verdade que dá até aquela preguiça de se arrumar, mas é importante refletir que beleza não vem apenas exterior, é um conjunto de características que fazem com que a pessoa se torne “Linda”. Se sentir em casa com o próprio corpo é o primeiro passo para seu próprio bem estar, a aceitação positiva do nosso “eu” para conseguirmos encontrar maior equilíbrio entre nossa imagem física e nosso emocional, se elogiar, se arrumar, comprar aquela roupa que tanto tempo namora na vitrine, se permitir comer coisas novas, fazer “o que der na telha”, e se amar. Pois estando bem consigo mesmo, todas as coisas ao redor vão fluir com mais facilidade.

            Sabemos que o mundo atual e as exigências do mercado estão cada vez mais rígidas com a cobrança diária para estarmos sempre embelezadas, no salto alto, aparência que transmita uma informação positiva, entretanto dependendo acabam jogando as expectativas em modelos muito distante da realidade e acaba nos gerando uma frustração. Uma das propostas da Psicologia de Imagem é a aceitação positiva do nosso “eu” para conseguirmos encontrar maior equilíbrio entre nossa imagem física e nosso emocional, ou seja, conseguirmos manifestar através de nosso corpo de forma equilibrada como realmente somos por dentro. Resumidamente, a ideia central da proposta é lidar com todo tipo de conflito entre a imagem real e a imagem desejada.

            Aceite-se como é, assim você descobrirá valores significativos em si próprio. Não queira ser outra pessoa. Valorize mais os pontos positivos que você possui. Não fuja do espelho e tenha ele como amigo, e sim, faça com ele se apaixone por tudo que você tem de melhor.

Dicas para sempre estar linda:

  • Autoconhecimento: permita-se desfrutar o seu interior, é o primeiro passo para sua autoaceitação.
  • Tire um tempo para você. Faça o que gosta, relaxe.
  • Faça exercícios físicos!  Serve até uma caminhadinha, isso é muito importante para sua saúde;
  • Sorria!
  • Ame!

 

Um beijo e até a próxima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.